quinta-feira, 9 de outubro de 2008

10 OUTUBRO- DIA COMEMORATIVO DA SAÚDE MENTAL



Saúde mental é um termo usado para descrever um nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional ou a ausência de uma doença mental. Na perspectiva da psicologia positiva ou do holismo, a saúde mental pode incluir a capacidade de um indivíduo de apreciar a vida e procurar um equilíbrio entre as actividades e os esforços para atingir a resiliência psicológica.

A Organização Mundial de Saúde afirma que não existe definição "oficial" de saúde mental. Diferenças culturais, julgamentos subjectivos, e teorias relacionadas concorrentes afectam o modo como a "saúde mental" é definida.[1]

História
No Dicionário Aurélio encontram-se dois sentidos para a expressão “paradigma” que permite aferir o modelo de saúde mental. A primeira diz: “Modelo, padrão” e a segunda, “Termo com o qual Thomas Kuhn designou as realizações científicas (p. ex., a dinâmica de Newton ou a química de Lavoisier) que geram modelos que, por periodo mais ou menos longo e de modo mais ou menos explícito, orientam o desenvolvimento posterior das pesquisas exclusivamente na busca da solução para os problemas por elas suscitados”.

Desde o século XVIII, o “modelo ou padrão” de abordagem a respeito dos fenômenos mentais que se diferenciam da vivência da maioria das pessoas foi o isolamento, a segregação, a exclusão, quando não o emprego de meios próximos à tortura, como formas de impedir a expressão de sentimentos e verdades de que essa maioria não quer se dar conta. Utilizando-se de um discurso que se pretendia “científico”, a medicina organizou, valendo-se de seu modelo de “isolar para conhecer e tratar”, espaços de exclusão que se mostraram, de meados do século XX para cá, ineficazes como meio de tratamento e desumanos. in "wikipedia.org"


Amanhã dia 10 de Outubro é comemorado o DIA DA SAÚDE MENTAL. São algumas as iniciativas a nivel Nacional. Destaco:



A Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e de Saúde Mental organiza, no Porto, um Encontro para jornalistas, onde alerta para «O Impacto da Cultura na Saúde Mental».

O evento decorrerá no Auditório Ilídio Pinho, da Universidade Católica Portuguesa, tem início marcado para as 09h30. Do programa pode ser destacada a Conferência sobre “Estigma e Saúde Mental”, pelas 12h00, que enquadrará o lançamento oficial da Campanha Anti-Estigma/Pró-Saúde Mental “Uma Música para a Saúde Mental” (projecto liderado pela ENCONTRAR-SE) durante um jantar comemorativo. Esta apresentação contará com a presença de algumas figuras emblemáticas, tais como: Zé Pedro Reis (Xutos e Pontapés), Laurinda Alves e Mª Angélica Andersen de Castro Henriques, entre outros.
O lançamento da edição portuguesa da obra “Como lidar com os Défices Cognitivos associados às Doenças Mentais. Guia Prático para familiares e amigos de pessoas com Doença Mental”, editada pela ENCONTRAR-SE, também merece ser salientado.
A FNAFSAM – Federação Nacional das Associações de Famílias Pró-Saúde Mental - apresenta também, a nível nacional, uma brochura sobre a EUFAMI e a FNAFSAM.
e
O Instituto Jean Piaget organiza em Silves as Jornadas Comemorativas do Diada Saúde Mental, cujo tema é Psiquiatria Comunitaria, que Perspectivas, que Realidades?destacomo como oradores o Prof.Doutor Carlos Sequeira- Presidente de SPESM e o Prof. Doutor Raul Cordeiro- Prof. da Escola Superior deEnfermagem de Portalegre

1 comentário:

Mário Relvas disse...

Obrigado por recordar!
Vou fazer refrência a este assunto e levo o seu convite sobre a conferência, se não se importar.
abraço