terça-feira, 20 de maio de 2008

VISITAR AS MEMORIAS



Uma das funções das histórias de vida é revisitar as memórias,principalmente aquelas que ainda nos fazem sorrir.
Em mês de Eurofestival, relembro que nos anos 70 e 80 estes festivais faziam parar o Portugal (principalmente porque Portugal raramente ía aos Euros e Mundiais de futebol).
Esta musica Ganhou o festival em 1979 era de Israel, nesse ano a canção Portuguesa foi o "sobe sobe balão sobe". Relativamente à hallelujah, tinha 8 anos e passei a escola primária a cantar esta canção. Tanto que, no dia do meu casamento me obrigaram a cantá-la novamente. Belas memórias.

4 comentários:

doutorenfermeiro disse...

Digo o mesmo: belas memórias!

doutorenfermeiro disse...

Em resposta ao comentário do colega:

"Colega Psikiatrices,
por isso falei na licenciatura-base. Reconheço a importância desta matéria na especialidade...
Antes, penso que devem ser leccionados os conhecimentos científicos-base para formar um Enfermeiro.... depois, abrem-se as portas às intervenções psico-cognitivo-comportamentais...
E se há alguém por quem tenho respeito, são os Enfermeiros Especialistas em SM...
Abraço."

psikiatrices disse...

obviamente que no curso base não se pode aprofundar psicoterapias breves ou dinamicas de grupo-análise ou intervenções mais diferenciadas em surtos psicóticos.
Provavelmente e acentu-o o provavelmente pois não sei em que contexto esta dinamica foi dada no curso de pós-graduação, embora tenha colegas aqui no serviço que são alunos do Nabais e estão muito interessados nestas dinamicas.
Muitas vezes os enfermeiros de saúde mental têm muita dificuldade em promover um dialogo com alguns doentes. Este tipo de técnicas podem ser aproveitadas para promover uma comunicação mais eficaz e o mais importante de tudo estabelecer uma relação de confiança entre os profissionais e os doentes.
Uma das técnicas utilizadas é a arteterapia a dramaterapia a musicoterapia, etc.

doutorenfermeiro disse...

Estimado colega,
convidava-o a partilhar comigo a sua opinião referente à nova reflexão que está publicada no blog - porque é sempre útil perceber as persectivas dos Enfermeiros de SM.

DE